Mi bebé y yo

Quinta doença: causas, diagnóstico e tratamento

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

A quinta doença ou eritema infecioso é uma doença que afeta frequentemente bebés e crianças. É mais frequente no verão e é provocada pelo Parvovirus B19. Quais são as suas causas e como tratá-la?

A quinta doença, ou eritema infecioso, é causada por um vírus, o parvovirus B19. É uma das seis doenças exantemáticas, ou seja, que provocam uma erupção de cor avermelhada (pele com pintas) e afeta especialmente as crianças em idade escolar.

Período de incubação da quinta doença

O período de incubação da quinta doença pode variar entre 7 e 28 dias a partir do momento de contágio, durante os quais a criança não apresenta qualquer sintoma.

Sintomas da quinta doença

  • A erupção aparece na cara e depois nos braços e coxas.

  • O exantema pode reaparecer, inclusivamente depois de uma primeira fase de remissão, pelo que esta doença pode ser confundida com uma alergia.

  • A exposição ao sol costuma aumentar a erupção.

Complicações relacionadas com a quinta doença

  • Não existem

Como acontece o contágio da quinta doença

  • A criança torna-se contagiosa a partir da semana anterior ao início dos sintomas e até ao início do desaparecimento do exantema.

  • Produz-se através da saliva durante a semana que precede a erupção e o risco desaparece após o aparecimento das vesículas.

  • Dura 1 a 2 semanas. Cura-se sozinha e a criança torna-se imune.

Prevenção da quinta doença

  • Não existe uma vacina para prevenir o eritema infecioso.

Tratamento da quinta doença

  • Não é necessário sujeitar a criança a nenhum tratamento específico.

  • Devem ter-se em conta alguns aspetos da alimentação, que deve ser leve.

  • Se o prurido se torna demasiado desconfortável, pode aplicar-se na pele da criança uma toalha molhada com água fria.

  • Apenas se deve combater a febre e o prurido.

(Também lhe interessa: Febre em crianças)

(Também lhe interessa: Doenças em crianças)

 

Também lhe interessa

Quinta doença: causas, diagnóstico e tratamento | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)