scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo

A história dos Três Porquinhos: Veja o vídeo com o seu filho!

( 7 votos) load
facebook twitter whatsapp

Gostaria de partilhar com a sua filha ou o seu filho o conto dos 3 Porquinhos? Agora vai poder dar-lhe a conhecer os três porquinhos, assistindo juntos ao vídeo deste clássico. Qual é a moral da história? Explicamos o que pode ensinar ao seu filho enquanto vê e escuta este bonito conto clássico.

Os contos infantis são um bom modo de começar a incutir valores às crianças: o esforço, a coragem, a solidariedade… Todos os contos infantis têm uma ou mais lições para aprender. E a verdade é que os contos infantis e os contos de fadas são muito importantes para o desenvolvimento da criança. Assim o afirmou Bruno Bettelheim, um dos psiquiatras infantis mais influentes do séc. XX, na sua obra Psicanálise dos Contos de Fadas (1976). Bettelheim explicava no seu livro que os contos de fadas exercem uma função libertadora e formadora para a mente infantil. As crianças identificam-se com as personagens dos contos, o que torna possível que experienciem, por si mesmas, sentimentos de justiça, fidelidade, amor ou valentia, não como lições impostas, mas sim como parte da aventura de viver.

Deste modo, contar uma história ao seu filho é uma forma excelente de o educar e usufruir da sua companhia. Entre elas, há um clássico que todas as crianças adoram: a história dos Três Porquinhos. Carregue no Play e partilhe com o seu pequeno esta bela fábula!

 

Moral da história em Os Três Porquinhos

Sem sombra de dúvida, o conto Os Três Porquinhos é ideal para transmitir à criança o valor do empenho, a moral que se esconde por trás desta fábula, na qual fica muito claro que a perseverança, o trabalho, o esforço e a dedicação são sempre recompensados. Por outro lado, a lei do menor esforço, mais cedo ou mais tarde, acaba por correr mal. Analisemos a história dos três porquinhos:

· O porquinho mais novo decide fazer a sua casa em palha. A palha é a solução mais rápida para conseguir o seu objetivo. Este porquinho representa todas as pessoas que vivem o momento, sem se preocuparem com o futuro. Fazendo uma comparação e relacionando-a com os estudos, a casita de palha equivale à criança que não faz os trabalhos de casa e que se limita a copiar nos testes. A falta de empenho e de trabalho acabará por ter o seu preço…

 

· O porquinho do meio decide fazer a sua casa em madeira. Este porquinho representa todos os conformistas, os que não tentam superar-se a si mesmos. Embora sejam capazes de verdadeiras proezas, aceitam sempre os resultados obtidos com o menor esforço. Este pode ser o caso das crianças que aprendem sem estudar. Estão conscientes das suas capacidades, mas praticam a lei do menor esforço.

 

· O porquinho mais velho decide fazer a sua casa em tijolo. Este porquinho simboliza todas as pessoas que se colocam metas na vida, que têm sonhos e lutam com todas as suas forças para realizá-los. Ele representa a perseverança e a capacidade de esforço. São todas aquelas crianças que colocam vontade e empenho em passar de ano.

 

· O lobo representa a adversidade. Continuando com o exemplo do estudo, aquelas crianças que não tenham hábitos de estudo e de se esforçarem, mais cedo ou mais tarde, acabarão vencidas pelo lobo. À medida que aumenta a necessidade de ser aprovado em todas as disciplinas, só irão passar aqueles que tenham desenvolvido as suas capacidades de trabalho e empenho.

 

Seja qual for a meta proposta, com esforço e dedicação, tudo é possível. Esta é a mensagem que pode transmitir ao seu filho através da fábula dos Três Porquinhos.

(Também lhe interessa: 10 contos infantis para adormecer)

 

………….

 

 



Também lhe interessa

A história dos Três Porquinhos: Veja o vídeo com o seu filho! Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro