O meu bebé

Exercícios (e outros truques) para perder barriga

Depois do parto, conseguir uma barriga lisa e tonificada é o desejo de todas as mulheres. Damos-lhe alguns truques para o conseguir e exercícios para perder barriga. Lembre-se que deverá esperar um mínimo de dois meses depois de dar à luz para praticar estes exercícios!

Depois do parto, todas as recém-mamãs desejam recuperar a barriga que tinham antes da gravidez. Mas qual o desporto que se deve fazer? E quais os exercícios para perder a barriga que se podem fazer se se fez uma cesariana? Para conseguir uma barriga lisa depois do parto é importante reforçar as franjas musculares que, com o passar do tempo, tendem a dilatar-se. No entanto, no caso da cesariana, deverá consultar o médico antes, pois a zona do abdómen é a mais afetada. Além do mais, deverá ter em conta que o útero pós-parto deve recuperar o seu tamanho original de forma natural, coisa que acontece durante os dias e semanas posteriores ao nascimento do bebé.

Para que os exercícios para perder barriga resultem devem ser repetidos várias vezes e realizar-se numa posição adequada. Não é necessário realizar séries muito longas, pois podem obter-se bons resultados com poucos abdominais realizados, isso sim, corretamente e sem implicar outras franjas musculares.

Lembre-se que não deverá realizar exercícios abdominais até passados um mínimo de dois meses do parto e que é sempre aconselhável reforçar o pavimento pélvico com os exercícios adequados antes de trabalhar a zona abdominal.

Oferecemos-lhe alguns conselhos sobre a postura que deverá manter:

  • Mantenha o pescoço relaxado e leve o queixo para a frente.
  • Separe ligeiramente as pernas, como os pés no chão, a cerca de 20cm dos glúteos.
  • Coloque os braços cruzados no peito.
  • Não deve levantar as costas mais de 15 cm.
  • Realize o exercício lentamente, de modo a trabalhar todas as franjas musculares, que deverão permanecer contraídas durante a execução do exercício.

Exercícios para perder barriga

  1. 1.Exercício Crunch. Deitada de barriga para cima, com as mãos atrás da nuca e as pernas fletidas e elevadas, levante o busto sem demasiado impulso, tentando ao máximo chegar a nuca aos joelhos, sem pressionar sobre a nuca com as mãos e sem mexer as pernas. Volte à posição inicial. Repita o exercício 20 vezes.
  2. 2.Exercício Crunch de pernas. Deite-se no chão com as pernas fletidas num ângulo de 90º (a ser possível, mantenha as mãos apoiadas no chão debaixo dos glúteos). Eleve a pélvis e as pernas, levando os joelhos à nuca e mantendo os ombros no chão. Realize 3 séries de 20 exercícios.
  3. 3.Exercício Crunch completo. Deite-se com as mãos por detrás da nuca e as pernas fletidas num ângulo de 90º. Ao mesmo tempo, eleve as pernas flexionadas e o busto, tentando juntar o máximo que consiga. Realize 3 séries de 20 exercícios.
  4. 4.Ginástica hipopressiva. Nos últimos tempos, a ginástica hipopressiva tem vindo a consolidar-se como um dos melhores tipos de ginástica para reforçar a musculatura da barriga, salvaguardando, ao mesmo tempo, o pavimento pélvico. O objetivo desta disciplina é expulsar o ar a partir da contração abdominal e o diafragma.

Também lhe interessa…