Mi bebé y yo

Corrimento castanho na gravidez

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

O que pode significar ter corrimento castanho durante a gravidez? É um sinal preocupante? O Dr. Enrique Ripoll Espiau explica os fatores que podem levar a aparecer corrimento castanho e o que este pode significar.

O corrimento castanho na gravidez é sempre possível pois a vagina e o colo do útero estão congestionados e com a fricção podem surgir pequenos derrames que manchem o corrimento. De todos os modos, é sempre importante vigiar, fazer repouso e não manter relações até que o corrimento aclare.

Corrimento castanho nas primeiras semanas de gravidez

Quando uma mulher está grávida de poucas semanas e sofre uma perda de fluxo castanho, de sangue fluído e de uma cor não tão viva como a da menstruação, pode apanhar um bom susto, e tal não é de estranhar, dado que os primeiros dias e semanas depois da conceção, quando se produz a embriogénese, ou seja, a formação dos primeiros estádios do embrião, são muito delicados. Além disso, as primeiras semanas são as de maior risco de se produzir um aborto espontâneo.

No entanto, na maioria das vezes, esta perda castanha não tem qualquer significado para o desenrolar da gestação. Pelo contrário, poder-se-ia tratar do sangramento de implantação do embrião no endométrio, o “ninho” de células e tecido situado no interior do útero, que acolhe o embrião quando este se começa a formar, e indica que a gravidez segue o seu percurso normal. Nos momentos em que acontece (não acontece sempre), este corrimento castanho apresenta-se quando a mulher talvez nem saiba ainda que está grávida, pelo que se pode confundir com uma menstruação “estranha”.

(Também lhe interessa: O que é que acontece quando se produz a implantação do óvulo?)

E se o fluxo castanho não se deve à implantação do embrião?

E se a mulher já sabe há umas semanas que está grávida e sofre uma perda de fluxo castanho por uma causa diferente da implantação? Com toda a probabilidade, trata-se também de uma perda que não terá grande importância na gravidez, causada pela congestão da vagina e do colo do útero própria da gestação. A maior irrigação sanguínea desta zona pode conduzir à rotura de capilares e provocar a perda, por exemplo, por causa da fricção durante uma relação sexual com penetração.

Outras possíveis causas da perda de fluxo castanho são:

(Também lhe interessa: Os lóquios: o que são)

 

Também lhe interessa

Corrimento castanho na gravidez | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)