scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo

Dieta mole para crianças: em que consiste e receitas

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Quando o seu filho fica doente ou esteve alguns dias adoentado, precisa de seguir uma dieta mole para crianças durante alguns dias. Por exemplo, precisa de confecionar uma dieta para a gastroenterite e não sabe o que fazer? Descubra as receitas desta completa ementa.

É época de gripe, constipações, gastroenterites e outros transtornos intestinais… As doenças próprias do inverno costumam afetar as crianças, que são rapidamente contagiadas na escola e, inclusivamente, espalham o vírus em casa. Devido às doenças, as crianças ficam mais debilitadas e precisam de seguir uma dieta mole para crianças  que ajude o corpo a recuperar e a evitar sintomas como a diarreia e os vómitos, que costumam acompanhar os principais transtornos do frio.

Durante o período da doença, bem como nos dias posteriores à recuperação, deve prestar uma especial atenção à alimentação da criança. É importante que siga uma dieta mole para crianças à base de refeições leves, como peixe e puré de legumes, que se digerem facilmente. Não se esqueça que é fundamental dar líquidos muito frequentemente, em golos pequenos, para evitar a desidratação. E, muito importante, evite o leite de vaca até que a criança esteja completamente recuperada.

Se não sabe que pratos poderá preparar durante estes dias, ou não sabe como é que se faz uma dieta para a gastroenterite, vamos ajudar oferecendo-lhe uma ementa adaptada às necessidades da criança, para que não lhe faltem vitaminas e melhore rapidamente.

Dieta mole para crianças: receitas eficazes

Em seguida, oferecemos-lhe uma seleção das melhores receitas, ideal para oferecer aos mais pequenos uma dieta mole.

  • Puré de vitela com hortaliças.

  • Puré de cenouras e abóbora.

  • Arroz com abóbora.

  • Sopa de arroz.

  • Pescada no forno.

  • Peito de frango com limão.

Dieta para a gastroenterite: é sempre necessária?

A dieta mole aconselhou-se tradicionalmente, e ainda se continua a fazer, em casos de gastroenterite ou transtornos intestinais. Mas será que é sempre necessária uma dieta para a gastroenterite? A verdade é que, no caso de sofrer de gastroenterite, a criança ou adulto raramente tem apetite, dado que, em pleno processo viral, o organismo elimina praticamente tudo o que se ingere através do vómito e da diarreia. Como já dissemos, o que é verdadeiramente importante numa dieta para a gastroenterite é manter-se bem hidratado, ou seja, ingerir muitos líquidos mesmo que estes se vomitem. Se se tratar de um lactante, dar-lhe mama com mais frequência é o mais adequado.

Por fim, quando o organismo determinar que chegou o momento de voltar a ingerir alimentos, vai ser a criança a orientar sobre “o que lhe pede o corpo” que, normalmente, vai ser o que vai aceitar melhor nesta altura. Em qualquer ocasião, as indicações sobre a dieta mole que lhe propusemos acima são totalmente válidas e adequadas em casos de processos virais intestinais.

O que é que costuma oferecer ao seu filho se tiver de seguir uma dieta mole para crianças? Ajude outras mamãs com a sua opinião!




Receita de puré de verduras

Clique para a descobrir!

1

Receita de puré de verduras

Clique para a descobrir!

Receita de sopa de arroz

Clique para a descobrir!

2

Receita de sopa de arroz

Clique para a descobrir!

Peito de frango com limão

Clique para a descobrir!

3

Peito de frango com limão

Clique para a descobrir!

Foto 1 de 3
1
2
3

Também lhe interessa

Dieta mole para crianças: em que consiste e receitas | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro